Produtos

Construção Civil DSC

Home> Construção Civil> Cordoalha para Protensão DSC

Cordoalha para Protensão DSC
  • Cordoalha 7 fios
  • Cabo Cordoalha 7 fios
  • Cordoalha para Protensão DSC - Imagem 4
Cód.: Cordoalha para Protensão DSC

Cordoalha para Protensão DSC

Solicite orçamento de Cordoalha para Protensão DSC

Cordoalha Para Protensão DSC

As Cordoalhas para Protensão DSC podem lhe proporcionar a obtenção de grandes vãos, eliminação de pilarese vigas, leveza na estrutura, baixo custo de construção, além de facilidade de criação e viabilização de projetos de grande beleza e valor arquitetônico.

Vantagens de seu uso:
Lajes mais esbeltas, maior resistência a ambiente agressivos, ausência de fissuração, entre outros.



 
  Diâmetro Nominal (mm) Área Aproximada (mm²) Área Mínima (mm²) Massa Aprox (kg/km) Carga Mínima de Ruptura (kN) Carga Mínima a 1% de alongamento Alongamento sob Carga (em 610 mm)
Cordoalha Nua 9,5 56,2 54,9 441 102,3 92,1 3,5
Cordoalha Nua  12,7 100,9 98,6 792 187,3 165,3 3,5
Cordoalha Nua  15,2 143,4 139,9 1126 260,7 234,6 3,5
Cordoalha Engraxada 12,7 100,9 98,6 792 203,1 182,8 3,5


Produto de acordo com as normas da ABNT - NBR 7483 / 2008.

Cordoalha Nua - Protensão com Aderência

É o sistema de protensão no qual a injeção de nata de cimento nas bainhas garante a aderência mecânica da armadura de protensão ao concreto em todo o comprimento do cabo, além de assegurar a protensão das cordoalhas contra a corrosão.
O cabo de protensão é composto basicamente por uma ou mais cordoalhas de aço, ancoragens, bainha metálica e purgadores. As cordoalhas ficam inicialmente soltas dentro da bainha, o que permite a sua movimentação na ocasião da protensão. Após a concretagem da estrutura e a cura do concreto, os cabos são protendidos e é injetada nata de cimento no interior das bainhas.


Cordoalha Engraxada  - Protensão sem Aderência 

É o sistema de protensão no qual não existe aderência entre o aço de protensão e a estrutura de concreto. Os cabos são compostos basicamente por uma ancoragem em cada extremidade e uma cordoalha de aço envolta com graxa e capa de polietileno de alta densidade. A graxa possibilita a movimentação das cordoalhas nas bainhas, por ocasião da protensão. Após a concretagem da estrutura e a cura do concreto, os cabos são protendidos e ancorados.
Neste sistema, como não existe aderência entre a armadura de protensão e o concreto, a manutenção da tensão ao longo da vida útil da estrutura se concentra nas ancoragens.
As cordoalhas usadas no sistema de protensão não aderente são as mesmas utilizadas no sistema aderente, porém são engraxadas e são revestidas com polietileno de alta densidade (PEAD).



Solicite orçamento com nossos consultores ou fale direto com a Equipe Técnica de Engenharia e esclareça todas as dúvidas. 

Voce pode precisar também

logo DSC
Av. Hegel Raymundo de Castro Lima,285 Bairro Distrito Industrial Dr. Hélio Pentágna Guimarães Contagem MG Cep: 32.113-485

Agência Digital
© 2012 - DSC - Direitos Reservados